Administração publica direta e indireta. Gestão pública

Perguntas e respostas sobre administração publica. O que é e exemplos de administração pública direta? Quais serviços ela presta a população? Veja as respostas.

» Página Inicial

Para entendermos bem o que é administração pública, primeiramente necessitamos conhecer melhor o conceito de “Estado”. O estado é na verdade o conjunto das instituições governamentais que administram e controlam uma nação ou país, e por sua vez a administração publica, pode ser entendida como o conjunto dos órgãos estatais, voltados para a satisfação das necessidades da coletividade (Segurança, Bem Estar, Educação, cultura, lazer...).

Existem diversos modelos de administração publica em funcionamento no mundo. A ciência social se ocupa do estudo destes modelos e de suas relações em uma área chamada de “Direito Administrativo”, um setor de estudo da “Administração” direcionado a analisar a sistematização dos conhecimentos administrativos relacionados às organizações publicas e coletivas.

O 28º Presidente dos Estados Unidos, Thomas Woodrow Wilson, que permaneceu no cargo de 1912 a 1921 é considerado com um dos pioneiros no estudo da Administração Publica.

Em nosso país o modelo vigente de administração publica é chamado de Gerencialismo ou modelo Gerencial, nosso modelo prioriza uma maior participação do cidadão confirmando assim o regime democrático, no qual a figura do “Gestor publico”, o responsável que deve gerir os recursos públicos de forma transparente, ética é eficiente, é na maioria dos casos escolhido pela própria população.

O que é administração pública?

É o conjunto de órgãos, serviços e agentes do Estado que tentam atender as necessidades da coletivas. Na administração pública não é só prestar serviços e executa-los, mas é também governar obter um resultado útil em prol da sociedade. Administração pública é um conceito da área do direito que descreve o conjunto de agentes, serviços e órgãos instituídos. Um indivíduo que trabalha na administração pública é conhecido como gestor público, e tem uma grande responsabilidade para com a sociedade e nação.

Ela diz respeito aos governos municipais, estaduais e a ao governo federal.

Municipal: Diz respeito a prefeitura de uma cidade e tem o prefeito como administrador do município. Cabe a ele e aos seus secretários, cumprir a legislação municipal no sentido de captar recursos junto a população através de impostos e outros tributos e fazer o devido investimento no município. As principais fontes de receita que a administração municipal tem são os impostos: IPTU, ITR, ISS e ITBI. Existe também o Fundo de Participação dos Municípios que é um recurso repassado para os municípios de menor arrecadação.

Estadual: Ela é mais ampla e abrange todo o estado, tendo o governador como o administrador estadual. A administração do estado não interfere naquilo que é competência dos municípios, sendo a sua função mais voltada para a segurança pública, educação de ensino fundamental e médio, bem como nos níveis superior e infraestrutura de estradas, portos, ferrovias, dentre outras. As principais fontes de receita dos estados são os impostos: ICMS, IPVA, entre outros.

Federal: Diz respeito ao governo federal e o presidente da república é a figura do administrador no Brasil. A ele compete a economia como um todo, educação, saúde, segurança nacional, acordos com outros países, entre tantas atribuições. As principais fontes de receita são os impostos: IR, IPI, PIS, Cofins, IOF, entre outros.

Prédio público

Basicamente representa o conjunto de ações que compõem a função administrativa das prefeituras, dos governos estaduais e do governo federal. Alguns serviços são:

Administração pública é a gestão dos interesses públicos por meio da prestação de serviços públicos, sendo dividida em administração direta e indireta.

O que é administração publica direta?

Quando o conjunto de Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, isso é considerado administração pública direta; Esse órgãos não possuem personalidade jurídica própria, nem patrimônio, e nem autonomia administrativa. As despesas inerentes à administração são contempladas no orçamento público e ocorre a desconcentração administrativa, que consiste na delegação de tarefas.

Exemplos de administração pública direta?

A Administração Direta corresponde à prestação dos serviços públicos diretamente pelo próprio Estado e seus órgãos. Tais como:

O que é administração pública indireta?

A administração indireta é composta pelas autarquias, fundações, sociedades de economia mista, empresas públicas e outras entidades de direito privado, essas entidades possuem personalidade jurídica própria, patrimônio e autonomia administrativa. Sua existência se baseia no princípio de descentralização ou distribuição de competências e atividades. Ou seja, quando não pretende executar certa atividade através de seus próprios órgãos, o poder público transfere a sua execução a outras entidades. Neste caso ocorre a descentralização administrativa, ou seja, a tarefa de administração é transferida para outra pessoa jurídica.

Exemplos de administração pública indireta?

Faculdade de administração, vale a pena fazer este curso?

Faculdade de administração, vale a pena fazer este curso? Uma pessoa que deseja entrar na faculdade e não sabe qual curso fazer, normalmente escolhe administração. É verdade isso?

Se é verdade? Creio que não! Administração não é um curso qualquer e as pessoas não o escolhem por pura falta de opções, mas sim por entender que ele é um curso que agregará valor ao currículo da pessoa.

Se vale a pena fazer? Creio que sim e as razões são muitas para isso, mas pretendo discorrer sobre algumas apenas:

Primeiro, acredito que o mercado de trabalho em administração é vasto e com isso você terá bastantes chances de encontrar um emprego na área em que você se formou.

Segundo que o curso tem uma aplicação bastante ampla, isto é, conforme ouvi certa vez uma pessoa dizer: administração não foca em nada. Na verdade o que ele quis dizer é que não existe um foco muito específico, como acontece em outras áreas. Na verdade a administração é ampla por natureza e o curso segue esta tendência. Isto é bom pois amplia sua visão.

Terceiro que é uma faculdade mais fácil. Muitos podem discordar, mas não dá para comparar com outras áreas como matemática, ciência da computação, medicina, engenharia, entre outras que requer certo dom para que você consiga encarar esses cursos. Com isto quero dizer que adm é um curso para todos.

Por fim concluo que vale a pena fazer faculdade de adm por todos os motivos acima citados e pela boa reputação que o curso tem em todo o mercado de trabalho. Quando ao mercado em si é óbvio que uma boa formação abre portas, independente da faculdade que você tenha feito, isto inclui administração.

Por Redação, Selma e Juliana Pazzini


Veja também: