O que é inflação. Preços nominais e reais e como medir a inflação.

Perguntas e respostas sobre o que é inflação. Como controlar e quais são os custos dela? O que são preços nominais e reais e como medir a inflação.

» Página Inicial

O que é inflação?

É um fenômeno econômico importante, com efeitos negativos para economia. Fala-se muito de inflação com relação ao aumento de preço das coisas. No entanto não se trata apenas da subida de preços, isso porque ela diz respeito ao processo persistente e relativamente generalizado de aumento dos preços em vigor numa dada economia, observado ao longo de um dado período de tempo. De uma forma mais simples, a inflação pode surgir quando existe uma procura excessiva relativamente aos bens disponíveis.

Inflação da moeda

Quais as causas da inflação?

A inflação está associada a fatores com origem na procura e na oferta agregada, esses fatores podem ser:

Quais são os custos da inflação?

Ela tem implicações negativas para economia, quando se fala dos custos associados à inflação, é importante que se destacar alguns:

Ao adicionar todos estes custos, chega-se à conclusão que o principal custo da inflação é que a moeda deixa de desempenhar as suas funções básicas: padrão de medida, instrumento de troca, reserva de valor e meio de pagamentos diferidos

Como medir a inflação?

A quantificação da inflação não é obtida diretamente dos preços, mas sim utilizando-se indicadores sintéticos, geralmente designados como índices de preços. Para construir um índice, é necessário que se proceda, antes de mais, à escolha de um período de referência, ou uma base, que pode ser fixa ou móvel.

Base fixa: é definida por um determinado momento ou período (mês, ano, …) passado e constante.

Base móvel:é definida pelo período imediatamente anterior ao que se pretende calcular o índice.

Então, depois de selecionada a base, para se transformar uma qualquer observação num índice basta dividi-la pelo valor observado no momento base e multiplicar o resultado por 100.

O que são preços nominais e reais?

Variáveis nominais: são medidas em preços correntes, os seus movimentos acompanham o nível de preços e, por sua vez, a inflação, pode-se dizer que são variáveis que não consideram os efeitos da inflação.

Variáveis reais: estão isentas ou foi-lhes retirado os efeitos da inflação.

Porque é difícil medir a inflação?

Porque em economia existem muitos bens designados de “substitutos”, pelo que aumentos no preço de alguns bens pode fazer com que estes sejam substituídos por outros, o que torna difícil a manutenção representativa dos bens consumidos num determinado período de tempo.

Como controlar a inflação?

Há diversos mecanismos que são para controlar a inflação. O aumento das taxas de juro e a diminuição do crescimento monetário são uma das formas privilegiadas para a prevenção da inflação. Os monetaristas optam pelo aumento da taxa de juro como meio para combater o aumento da oferta de moeda ou seja, defendem a adoção de medidas de política monetária; os Keynesianos enfatizam a redução da procura no geral, muitas vezes através da política fiscal, fazendo uso do aumento dos impostos ou da redução dos gastos públicos. Outros advogam o combate à inflação mediante a ancoragem das taxas de câmbio a uma outra moeda, de um país de baixa inflação. No passado utilizaram-se outros métodos, como medidas de controlo de rendimentos, através de salários e preços. Tendo a inflação origem quer na oferta, quer na procura agregada, o seu combate passa pelo controlo das variáveis que influenciam ambos os lados.


 
Veja também: