O que é investimento em CDB, CDI, LCI, SELIC ou Renda Fixa

Conheça o significado de várias siglas usadas no mercado financeiro para fins de tributação, investimentos e outras operações financeiras realizadas no país.

» Página Inicial

Você conhece todas as siglas que foram citadas acima ou sabe qual é o melhor investimento? Se não souber, chegou ao local certo. Será muito boa também a descoberta por alternativas que são melhores que as que conhecemos ou que tenhamos familiaridade. Outras descobertas podem trazer também uma infinidade de possibilidades para um investidor tomar uma decisão.

Investimento em CDB

Vamos conhecer todas essas siglas

CDB

Iniciamos o nosso conhecimento pelo CDB que é a sigla para Certificado de Depósito Bancário. É uma modalidade que é um título que é emitido por um banco. Será o investidor quem emprestará o dinheiro para esse banco e depois recebe essa remuneração com uma taxa de juros. Os bancos podem emprestar esse dinheiro ou boa parte dele, que é depositado à vista ou a prazo.

O que é o CDI

O CDI é a sigla para Certificado de Depósito Interbancário que são os títulos parecidos com o CDBs, porém, são negociados somente entre os bancos. O CDI ocorre quando um banco tem a necessidade de tomar um dinheiro emprestado de outro banco, pode-se emitir um CDI para a captação desse dinheiro que é circulante somente no meio interbancário.

O que significa o LCI

Mais uma sigla que é desconhecida pela grande maioria das pessoas que é o LCI que essa sigla se traduz em Letra de Crédito Imobiliário, que é um título de Renda Fixa que é carregado num crédito imobiliário. Explicando melhor, o LCI é um empréstimo que se faz em uma instituição financeira e que será ela, que ira direcionar os recursos que são para o financiamento de imóveis, para a construção ou reforma.

A SELIC

Essa sigla é a denominação de Sistema Especial de Liquidação e Custódia. Foi criada no ano de 1979 pelo Banco Central e também pela Andima que é a Associação Nacional das Instituições do Mercado Aberto. O objetivo da SELIC é o de tornar mais transparente e seguro todas as negociações que são relacionadas aos títulos que são públicos. É usada no mercado bancário nacional e internacional para o financiamento.

O investimento em Renda Fixa

É um termo que serve em referência a qualquer tipo de investimento, com regras que são remuneratórias e que são sempre definidas no momento de aplicação no título. Nele, o investidor concederá um empréstimo, que geralmente é em dinheiro, a uma entidade e em troca do pagamento com juros. Alguns desses investimentos com renda fixa são: a Poupança, Letras de Câmbio, o Tesouro Direto e outros.

A liquidez

O investidor que comparar todas essas possibilidades deverá ficar atento á necessidade de liquidez. Na SELIC, por exemplo, será necessário um dia útil para que se torne disponível um pedido de resgate e os Fundos que são de Renda Fixa serão com características que são diferentes e devido a isso, será necessário que seja verificado no momento dessa aplicação, já que pode ser bem variável.

Liquidez e carência quanto aos CDBs

Os CDBs podem ter uma liquidez que seja diária, permitindo ao investidor que faça um resgate e que tenha um recurso disponível a qualquer tempo, mas pode haver uma carência que é um prazo mínimo para o resgate, que pode ser uma carência longa de 1 até 5 anos ou até mais. Por isso, o investidor em CDB deve saber com antecedência qual será a liquidez, para que não seja gerado um problema.

A escolha pelo melhor investimento

Entre os investimentos que foram citados aqui, a escolha por um deles se dará pela dependência da necessidade de cada investidor e com a sua necessidade de liquidez, com um investidor também organizando o seu capital, separando cada parte para cada prazo e montando um mix de possibilidades para se ter uma melhora que seja geral, com ajustes de prazos e com as melhores alternativas que possam existir.

Nunca tome uma decisão sem entender o que exatamente se está fazendo, escolhendo uma dessas alternativas sem ter um real conhecimento, para não se sentir frustrado ou ficar em dúvida sobre qual é a melhor tomada de decisão. Por isso, que é tão importante conhecer todas essas siglas, suas características e obtendo também mais informações sobre o mercado financeiro e suas muitas possibilidades.


 
Veja também: