Simulador de poupança e cálculo de rendimento mensal e diário

Saiba como é feito o cálculo da caderneta de poupança tanto no mensal como o possível resultado diário. Veja também alguns simuladores que permitem simular o rendimento.

» Página Inicial

A poupança surgiu no Brasil em 1861, com a criação da Caixa Econômica da Côrte, que pagava 6% ao ano com garantia do governo. Em 1915 o governo centralizou as regras de remuneração de poupança para todos os bancos. A partir de 1960, passa a ser utilizada pelos bancos para financiamento imobiliário.

Rendimento atual

Poupança moeda real

O rendimento da poupança pode ser variável e neste caso existe uma regra para determinar o rendimento da mesma:

O que é a TR?

A TR ou Taxa Referencial é calculada e divulgada diariamente pelo Banco Central do Brasil. A Taxa Referencial é uma taxa de juros básica divulgada mensalmente pelo Banco Central e calculada a partir do rendimento mensal médio dos CDB (Certificado de Depósito Bancário) e RDB (Recibo de Depósito Bancário). A TR é usada para a correção das aplicações da caderneta de poupança e das prestações dos empréstimos do Sistema Financeiro da Habitação. Embora seja usada como indexador dos contratos, a TR é uma taxa de juro e não pode ser confundida com inflação.

Como simular um investimento?

A simulação de investimento não pode ser feita com muita precisão, já que a regra de rendimento não é fixo e depende de fatores e indicadores com definição de rendimento futuro, como é o caso da TR. É possível fazer algumas projeções, mas não pode ser considerado como efetivo. Veja abaixo alguns links onde é possível fazer a simulação de rendimento:

A poupança tem rendimento mensal ou diário?

O rendimento é mensal e ele é calculado de acordo com a data base, mas como a TR é diária, para cada data base pode-se ter rendimentos diferentes. Como exemplo considere que você tenha três aplicações na caderneta de poupança, com os seguintes vencimentos: Dia 5, dia 8 e dia 20. Como as datas bases são diferentes, cada uma dessas aplicações poderá ter rendimentos mensais levemente diferenciados, em função da variação diária da TR.

É importante ressaltar também que, em caso de saque do valor aplicado até o 29º dia, a remuneração é inexistente, ou seja, o investimento não lhe renderá nada.

O rendimento é igual em todos os bancos?

Sim. A regra para o cálculo é definida pelo governo federal é portanto todos os bancos seguem a mesma regra e portanto tem o mesmo rendimento.

Posso sacar meu dinheiro aplicado a qualquer momento?

Pode. A liquidez é diária e imediata, o que significa que os valores aplicados estarão sempre disponíveis não sendo necessário aguardar a data base da aplicação, porém, neste caso, a remuneração mensal é perdida para o valor sacado, pois será pago um rendimento referente ao valor que permanecer aplicado após 30 dias. Uma aplicação de R$50.000,00, se houver o saque de R$25.000,00 antes de 30 dias, permanecendo R$25.000,00 até a data base, os juros serão pagos em cima do valor que permaneceu aplicado, R$25.000,00. Não é necessário fazer previsão de retirada, exceto para valores altos, mas neste caso a previsão é apenas no sentido prático e operacional da agência bancária e não como regra da aplicação em si.

Onde obter mais informações sobre a poupança e o seu rendimento?

No site da Caixa Econômica Federal há uma boa quantidade de informações úteis, bem como um sistema de perguntas e respostas relacionado a aplicação, rendimento, entre outros. https://www.caixa.gov.br

Alternativas

Para aqueles que acham que a poupança é uma opção pouco viável por conta do baixo rendimento, existem no mercado alternativas que podem ser mais rentáveis, embora menos seguras. Dentre elas, podemos destacar as seguinte:


 
Veja também: