Tipos de mercados: Global, fornecedor, consumidor e organizacional

Perguntas e respostas sobre o que significa e os tipos de mercado. Concorrente, organizacional, consumidor, fornecedor e global. Veja as características dele.

» Página Inicial

A palavra mercado pode ser usada de várias maneiras e seu significado pode ser bem amplo.  A definição mais comum de mercado é a seguinte: toda e qualquer situação onde exista oferta e procura, desta maneira as situações de compra e venda irão sempre caracterizar um mercado.

Partindo deste princípio é importante dizer que o uso da palavra está associado a operações comerciais de diversas maneiras e muitas classificações tem sido propostas no sentido de dar mais entendimento ao termo e ao contexto em que ele foi empregado.

Sendo assim, abaixo teremos algumas dessas definições, embora a lista não seja exaustiva, o que significa que outras definições e aplicações também possam ser consideradas.

Quais são os tipos de mercado?

Supermercado

Global

A comercialização ou troca de produtos entre diferentes países é o que caracteriza e forma o mercado global. Esta troca pode ser feita também com capital financeiro, caracterizando o investimento em determinado país e fortalecendo-o no mercado global. Este tipo de negociação faz com que as relações entre países se aproximem, fortalecendo assim o mercado financeiro por meio de diferentes tipos de investimentos e de negócios, como ações nas bolsas de valores internacionais, por exemplo.

Como exemplos de mercado global, temos:

Fornecedor

O mercado fornecedor é aquele que fornecerá a empresas e pessoas a matéria-prima necessária para que se possa produzir diferentes tipos de artigos ou prestar diversos tipos de serviço. A análise de mercado fornecedor é fundamental, pois o valor investido neste mercado influenciará o preço para o consumidor final.

Como exemplos de mercado fornecedor, temos:

Consumidor

O mercado consumidor é aquele formado pelo público-alvo de um negócio ou uma empresa, ou seja, é formado pelas pessoas que comprarão os produtos fornecidos por estas empresas. Um conhecimento amplo de seu mercado consumidor será determinante para o sucesso de qualquer empreendimento, pois a empresa poderá fornecer a seus clientes exatamente aquilo que desejam, cativando-os e fortalecendo este setor de mercado.

Como exemplos de mercado consumidor, temos:

Organizacional

O mercado organizacional é formado por organizações que fabricam produtos ou prestam serviços a fim de que outras empresas produzam bens que serão vendidos a outras pessoas, os consumidores finais. Neste mercado, as organizações realizam negócios e prestam serviços entre si para que seus produtos sejam posteriormente levados ao público.

As organizações como um todo, sejam elas públicas ou privadas, de pequeno, médio ou grande porte, de serviços, indústria ou comércio. Todas formam um grande mercado organizacional.

Concorrente

Empresas que produzem o mesmo tipo de produtos ou fornecem o mesmo tipo de serviço, disputando entre si os mesmos consumidores, são as que compõem um mercado concorrente, ou seja, formam uma concorrência entre si. É essencial que a empresa conheça de forma plena o seu mercado concorrente, para que avalie o que pode ser melhorado em seus produtos e serviços para superar a concorrência, com o objetivo de conquistar os consumidores finais.

A concorrência é um dos principais desafios das empresas e ela serve para motivar as organizações a criarem produtos e serviços melhores e mais atrativos. Em um mercado sem concorrência, a qualidade pode ser bastante prejudicada.

Local

Outra definição importante é o chamado mercado local que normalmente é usado para designar as operações comerciais existentes dentro de uma área geográfica bem definida, como uma cidade, um estado ou mesmo de um país. As vezes ele também é chamado de mercado doméstico, mas neste caso sempre em oposição ao mercado exterior que é aquele envolvido com as importações e exportações de um país, por exemplo.

Muitas empresas atuam dentro do chamado mercado local, isto ocorre em função da sua competência de atendimento ser limitada e por isso a questão geográfica é considerada. Também pode ocorrer de o produto ou serviço ter um alcance limitado e isto pode tornar sua operação apenas no mercado local.

Como exemplos de mercado local, temos:

Negro

O termo mercado negro é empregado para as situações de ilegalidades comerciais que são praticadas por pessoas fora dos padrões definido pelo governo, por exemplo. Quando uma pessoa compra e vende sem nota fiscal ou outra forma regulamentar, de certa forma pode ser considerado mercado negro, pois não estará sendo pago os impostos previstos ou estabelecendo os padrões de origem e destino das mercadorias.

Local de compra

Mas também ele pode ser usado simplesmente para designar o local onde as pessoas vão para fazer as suas compras. Neste caso ele é conhecido também como supermercado, hipermercado, atacadista ou outro termo similar. No Brasil o termo supermercado é o mais comum.

Por Redação, Maria Luisa Marques Vasconcelos e Redaweb


Veja também: