Tipos de economia: De mercado, mista, centralizada, mundial e mais

Perguntas e respostas sobre tipos de economia, como a centralizada, mundial, capitalista e mista? O que é economia de mercado e como ela é aplicada ao poder público, às empresas ou a indivíduos particulares.

» Página Inicial

O que é economia de mercado?

A economia de mercado é o sistema econômico no qual as empresas, as instituições bancárias e as prestadoras de serviço, de forma geral, podem atuar com pouca, ou nenhuma, intervenção do Estado. Isto é, é um sistema de economia que permite às empresas o poder de definir os preços das mercadorias, bens e serviços. É o tipo de economia defendida pelos Capitalistas e Neoliberais; da livre concorrência e dos valores e preços estabelecidos a partir da oferta e demanda.

Tipos de economia

Mista

A economia mista é um sistema econômico que mescla dois, ou mais, modelos de economia diferentes. Como exemplo de economia mista, é possível citar o modelo do "Welfare State" (o Estado de bem estar social), que mesclava características Capitalistas, como a lucratividade e o acúmulo de capital acima de tudo, ao mesmo tempo em que benefícios ao trabalhador eram estabelecidos a fim de evitar a revolta da classe operária.

Centralizada

A economia centralizada, que também é chamada de economia planificada, é um sistema econômico no qual a produção é planejada e orientada por especialistas. Nesse modelo de economia, o Estado detém os meios de produção e toda a atividade econômica é dirigida por um poderio centralizado. Um exemplo desse tipo de economia é o modelo adotado por Cuba. Isto é, o Estado define a forma como as empresas podem lucrar.

Mundial

A economia mundial trata-se do conjunto de atividades econômicas desenvolvidas em todos os países do mundo. É a economia de todos os países em conjunto, que dividem-se entre blocos de países com economia mais desenvolvida, como a União Europeia, e blocos regionais, como os Tigres Asiáticos, que estabelecem relações comerciais a fim de que um país coopere com o desenvolvimento do outro.

Capitalista

A economia capitalista é o sistema econômico que vigora na atualidade. Esse tipo de economia é baseado no capital produtivo e no acúmulo de bens por parte das empresas, indústrias e prestadoras de serviços. O acúmulo de capital, a lucratividade, a pouca intervenção do Estado e a desigualdade social são as principais características desse modelo econômico.

Aplicação

Do ponto de vista da aplicação, ela pode ser aplicada ao poder público, às empresas ou a indivíduos particulares. Vejamos cada um deles:

Poder público

Quando aplicado ao poder público, a economia desenvolve um papel importante na criação de políticas que visam regular e estimular o consumo e a produção, sempre buscando equacionar a relação entre quem tem mais e quem tem menos, que as vezes pode ser chamado como fatores sociais.

Temos ainda de levar em conta os bens e serviços produzidos pelo setor público, o gerenciamento dos tributos e demais fatores que envolve a administração pública em geral.

Empresas

Para as empresas a aplicação da economia é o motor central de suas estratégias, como análise de pesquisas e modelos de negócios que possam gerar não somente lucros, mas sobretudo a sustentabilidade da organização a longo prazo.

Gestores de empresas tem a difícil tarefa de analisar indicadores econômicos globais, bem como os diretamente relacionados às suas operações e interpretar esse cenário no sentido de dar subsídio à tomada de decisões corretas.

Indivíduos

Ninguém está alheio a atividade econômica, mesmo pessoas simples e nos mais remotos cantos precisam se alimentar, necessitam de cuidados de saúde, educação, segurança e muitas vezes de auxílio governamental. Todas essas necessidades estão diretamente ligadas à atividade econômica.

Um agricultor, um pescador ou um trabalhador urbano de alguma forma será afetado de forma positiva ou negativa pela situação econômica do país, da região ou cidade onde vive ou mesmo de fatores ligados ao segmento em que atua.


 
Veja também: