O que é o impostômetro e quanto pagamos de impostos no Brasil

Conheça o mecanismo da Associação Comercial de São Paulo, em associação ao Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário que mede o quanto o brasileiro paga de imposto no Brasil no exato momento em que se observa. Veja as informações abaixo.

» Página Inicial

Ei, você que está lendo este artigo: Você já ouviu falar no impostômetro?

Desenvolvido pelo Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário, o serviço é um mecanismo, que recebe as informações de todo o país e corrobora os valores em um painel. Em outras palavras, é uma rede automática que calcula os impostos federais, estaduais e municipais; e é atualizado em tempo real.

Como alguns atribuídos são contabilizados apenas uma vez ao mês, muitas vezes até uma única vez ao ano, o impostômetro geral faz uso de uma estatística, para subtrair o depósito tributário em qualquer momento. Por conta disso, o procedimento desta estatística pode modificar de um impostômetro para outro, ocasionando numa variável de um contador para outro.

Este mecanismo ainda é recente. O primeiro impostômetro do mundo foi o dos Estados Unidos, desenvolvido em 2009. Aqui no Brasil, ele chegou em 2013. O painel está situado na fachada do prédio da Associação Comercial de São Paulo, em associação ao Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário, seu criador.

Qualquer pessoa com internet pode ter acesso à plataforma online do Impostômetro, através deste link.  O site mostra em tempo real a quantia de impostos em tempo real, contabilizando desde o primeiro dia do ano até o dia atual.

impostometro

O Acesso ao site

O site trás dados interessantes. Como dito no início deste artigo, o funcionamento deste mecanismo é em tempo real, ou seja, ele está em constante mudança. Enquanto acessávamos o site do impostômetro, os números se alteravam, alguns dados nos foram apresentados. Alguns deles foram:

“Aplicado na poupança esse dinheiro renderia de juros R$6.417.180 por hora”.

“Aplicado na poupança esse dinheiro renderia de juros R$106,955 por minuto”.

“Para transportar esse dinheiro em notas de R$100 seriam necessários 262 containers de 20 pés”.

“Com esse dinheiro você poderia comprar 30.604.180 unidades do carro Cherry New QQ 10”.

Além dos números em tempo real, o portal do impostômetro também mostra a arrecadação em cada estado do país e arrecadações por categorias tributárias.

Agora que você foi apresentado ao impostômetro, você deve estar se perguntar: Afinal, quanto pagamos de impostos no Brasil?

Soma-se mais de 90 tributos em vigor no Brasil. Engana-se se você pensa que os únicos impostos pagos por nós brasileiros se resumem a Imposto de Renda, IPVA, ICMS, dentre outros impostos de cunho federal, estadual e municipal. Nós pagamos impostos por tudo aquilo que adquirimos.

A má notícia (e o que você deve imaginar) é que no valor de um produto que você adquire, 80% deste valor, na verdade é correspondente ao imposto deste produto.

Em nosso país, os produtos “campeões” são videogames, perfumes e pasme: Bebidas alcoólicas! É isso mesmo, a cerveja, bebida favorita dos brasileiros está entre os produtos que mais possuem impostos.

Realizamos testes em uma plataforma online que calcula no mesmo instante o valor dos impostos, alguns dos produtos mais populares e descobrimos suas respectivas cargas tributárias. Veja a seguir:

Voltando em relação ao impostômetro, o que mais pesa em seu cálculo é o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços, ou ICMS; que sobrevém em praticamente todos os bens que a população consome. Na sequência, vem o imposto do INSS e em terceiro lugar, o Imposto de Renda.

Diversos órgãos governamentais, como a Receita Federal, por exemplo, fazem o envio das informações para o sistema do site. Ou seja, Estes números são oficiais. Tudo é considerado na soma do impostômetro, desde imposto a multas e juros.

De acordo com os dados do portal do impostômetro, a arrecadação do Estado de São Paulo representa a porcentagem de 37,39% da arrecadação total do país. De janeiro deste ano a este exato momento enquanto o texto é redigido, São Paulo arrecadou só de impostos municipais a quantia de R$9.865.503.290,43.

O Brasil por sua vez arrecadou a quantia de R$795.548.388.856,28

Acesse o site https://impostometro.com.br e confira as informações atualizadas, já que elas mudam o tempo todo.


 
Veja também: